A cantora, compositora, escritora, produtora cultural e artista visual BEL (Xanaxou) chama atenção da cena nacional com seu álbum de estreia solo, “Quando Brinca” (Sagitta Records). Em turnê pela América Latina, a cantora carioca também já passou pelo festival feminista argentino “Dilda”, onde se apresentou no fim de abril com Samantha Navarro (Uruguai) e Paula Maffia (Argentina). Agora, a artista leva sua turnê para Buenos Aires e se apresenta junto das bandas El Gnomo y La Filarmónica Cósmica e Jazmín Esquivel y Los Alces, no Roseti. O show acontece no dia 20 de maio.

“Quando Brinca” testa os limites da canção popular, unindo influências eletrônicas, da MPB e do jazz para refletir o feminino e o mundo que cerca a mulher contemporânea. O álbum foi produzido por BEL e Gui Marques e transita por diversos estilos, trazendo nas letras temas do cotidiano, como a maioridade penal e o empoderamento feminino. No lançamento de seu projeto autoral, ela se mostra em sua faceta mais aberta e madura. O registro veio da vontade de se expressar individualmente ao mesmo tempo que dava vida a composições que não entravam no repertório da banda Mohandas, que a cantora e compositora integrava anteriormente. Foi uma mudança de foco. No palco, BEL se apresenta em formato minimalista, recriando seu disco tocando guitarra e loopstation.

Já o grupo El Gnomo y La Filarmónica Cósmica traz um indie psicodélico e é liderada por Martín “El Gnomo” Reznik. A música é influenciada pelo rock, jazz e uma fusão folclórica de Uruguai e Brasil. A ligação com o Brasil surgiu após uma viagem pela Região Norte, que resultou no disco solo “El disco del gnomo” (2004), e nos discos da banda “La Filarmónica Cósmica” (2009) e “Las mil y una canciones” (2015).

Desde 2014 na estrada, a banda Jazmín Esquivel y Los Alces incorpora em suas canções novas matrizes sonoras. O quarteto traz entre suas influências o folk, o rock e o pop, além da música folclórica latinoamericana. Lançaram no último ano o seu primeiro EP e atualmente se encontram na produção de seu disco de estreia.

O show será realizado no Roseti, um espaço de formação, investigação e exibição das artes cênicas e musicais. A direção artística e produção executiva do local é feita pelos irmãos Juan e Matias Coulasso. Ao longo da semana, funciona no Roseti oficinas de atuação, montagem, dança contemporânea, e muitos outros. Já aos fins de semana, o local recebe bandas, peças de teatro, dança e performances.

Antecipando o show, BEL participa do programa El Aire Es Libre, na FM Boedo (88.1 Hz), no dia 15/05, às 21h20. Posteriormente, a cantora se apresenta no espaço cultural El Quetzal, dividindo a noite de 06/06 com a artista brasileira Kika Simone, radicada em Buenos Aires há 5 anos, e outras musicistas portenhas.

Acompanhe BEL: https://www.facebook.com/quandobrinca