MãoLee une forças com BK e Filipe Ret em single de disco do produtor

Um dos principais produtores e beatmakers da cena hip hop do Rio lança mais um single e clipe de seu álbum solo. Em “Dinheiro”, MãoLee une forças com BK e Filipe Ret numa faixa que fala do valor do esforço sendo recompensado e dos ricos da ostentação excessiva. A música é um lançamento do selo Tudubom Records e já está disponível no canal do YouTube do selo. Essa novidade faz parte de uma série de discos e EPs que a banca independente irá divulgar nos próximos meses.

Veja “Dinheiro”: https://youtu.be/s_Y5K1zxpuY

“Convidei eles por ser fã dos trabalhos de cada um. Nesse som, estou resgatando um sample do Wu-Tang Clan, de ‘C.R.E.A.M.’, que é uma das faixas mais famosas deles e a faixa dialoga com dinheiro. Foi uma espécie de repaginada trap desse conceito. Aí busquei pessoas que se identificavam com esse som”, conta MãoLee.

No vídeo, realizado pela Venena, pontos comuns do Catete e Glória, região onde cresceram BK e Ret, aparecem em primeiro plano. Isso representa a busca por realização financeira e profissional, sem esquecer das bases e raízes.

“A gente quis registrar bastante o Catete e registrar o rolé de rua, do bairro. São lugares da nossa região, de morador e que não teve um registro filmográfico legal. Quisemos ser locais, bairristas mesmo, e mostrar a nossa cena”, explica o produtor.

MãoLee é um dos principais beatmakers da cena hip hop do Rio de Janeiro e do Brasil. Produtor de sucessos de artistas como Filipe Ret, Djonga, Froid, Sain, Kayuá, Oriente, Orochi, BK e Xamã, ele acumula mais de 150 milhões de views em faixas próprias, músicas com seus beats e suas produções. Em 2009 lançou, com Filipe Ret, o projeto “Numa Margem Distante”. Posteriormente, mais uma vez, com Ret e Daniel Shadow, o artista co-fundou a banca independente de rap Tudubom Records.

Com o selo, produziu os discos “Vivaz”, “Revel” e “Audaz”, todos de Filipe Ret, além do álbum “Tudo ou Nada”, de Daniel Shadow. Tudo isso, enquanto desenvolvia seu projeto de carreira solo. Seus trabalhos podem ser ouvidos em músicas de Cartel MCs, Oriente, Djonga, Luccas Carlos, Xamã, Dallass, Daniel Shadow, Pedro Ratão e outros grandes nomes do rap nacional da atualidade. Trazendo ecos do trap e a força do funk carioca para o rap, ele mistura os sons urbanos de diversas partes do mundo em um som coeso e cheio de personalidade. Se reinventando, ele lançará o álbum “Bendito”.

“Nesse meu trabalho solo, eu convido artistas que me inspiram a trabalhar e que estão na cena influenciando pessoas. O disco tá bem vasto e eclético. Selecionei a dedo cada participação e eles somaram a energia para formar algo novo. Quis trazer artistas que nunca tinham trabalhado, cada qual trazendo a sua fórmula e seu modo de criar”, conta MãoLee.

O disco de MãoLee se une a “Audaz”, de Ret, em uma série de lançamentos que a Tudubom planeja para os próximos dois meses e que incluirá novos singles e EPs de Pan Mikelan e Thiago Anezzi.

Veja “Dinheiro”: https://youtu.be/s_Y5K1zxpuY

FICHA TÉCNICA:

Filme: Venena

Direção: Matheus Araújo e Pedro Brasil

Direção de Fotografia: Pedro Brasil

Edição: Matheus Araújo

Color Grading: Pedro Brasil

Assistente de Câmera: Roberto Riva

Produção: Allana Amorim

Assistente de produção: Thiago Tico

Styling: Role to Us