Puppi anuncia novo disco de estúdio unindo cello, eletrônica, rock e pop

Produtor musical e violoncelista italiano radicado no Rio de Janeiro, Federico Puppi se prepara para lançar seu projeto mais ousado. O álbum “Marinheiro de Terra Firme” une os sons de seu cello com forte pegada eletrônica inspirada pelo hip hop, o jazz contemporâneo nova-iorquino e o rock psicodélico, além de contar com a participação de Milton Nascimento em uma das canções, transformando sua voz em instrumento.

Puppi (Crédito: Vitor Kelm Fotografia)

Dialogando com o presente e com temas futuros, Federico criou “Marinheiro de Terra Firme” em cuidadosas sessões no próprio estúdio. O tema da intolerância e da crise migratória, que atinge forte a terra natal de Puppi, movem o álbum de forma poética.

“O disco se baseia na poética das migrações: eu sou imigrante. Há quase 6 anos moro no Brasil.  Eu saí da Itália, onde morava em um vilarejo de 1200 habitantes. Passei em turnê tocando por 18 nações. São um migrante moderno, um marinheiro de terra, que passa por cidades e nações através da música. Sou quase sempre um estrangeiro, sou quase sempre o outro e é desses outros que falo no disco”, antecipa ele.

Dono de uma técnica refinada e uma vontade incontrolável de se reinventar, Federico começou a tocar violoncelo aos 4 anos de idade. Reunindo influências que iam do clássico ao jazz passando pelo punk rock, chegou ao Rio em 2013 e desde então busca seu espaço na música brasileira.

Seu trabalho mais reconhecido é o disco “Guelã”, de Maria Gadú, que co-produziu com a artista. Tido pela crítica especializada como um marco na carreira de Gadú, o álbum venceu o Prêmio da Música Brasileira e foi indicado ao Grammy Latino. Em 2015, ele lançou “Canto da Madeira”, seu elogiado disco de estreia.

Federico Puppi (Crédito: Andre Hawk)

“Senti a necessidade de criar algo que me representasse de forma profunda, estética, artística e filosoficamente. Não coloquei nada que não me representa neste novo disco. Acredito profundamente em cada música que o compõe. Isso me fez sentir realmente livre”, ele explica.

“Marinheiro de terra firme” será lançado nas plataformas de música digital no primeiro trimestre de 2018 via Sagitta Records.

Veja Federico falando sobre sua carreira no TEDX Maputo: https://www.youtube.com/watch?v=JceqGRlb_Zw