Tag Archives

Posts with Carbônica tag.
Carbônica une rock de garagem e realidade política brasileira em álbum de estreia

Incendiar o debate político e social por meio do rock ‘n roll é um dos objetivos do power trio Carbônica. Com mais de 10 anos de estrada, a banda celebra sua jornada com um álbum que analisa os últimos anos da realidade brasileira e foca no futuro através de riffs poderosos e letras provocadoras. “Carbônica” já está disponível nas plataformas de música digital.

Ouça “Carbônica”: http://smarturl.it/CarbonicaAlbum

Confira o faixa-a-faixa abaixo

Fundado em 2007 na cidade de Guarulhos, o trio é formado atualmente por Will (guitarra e vocal), Vini (baixo e sampler) e Alex (bateria) e, desde o início da sua trajetória, assumiu o compromisso com uma cena independente ativa e acessível, mantendo um olhar para a realidade urbana e periférica que reflete nas letras do disco.

Luta antifacista, problemas de manutenção das barragens de mineradoras, respeito a minorias e busca por uma cidade mais acessível se tornaram bandeiras da banda e se mostram mais atuais do que nunca no álbum de estreia, que reúne faixas dos EPs lançados nos últimos anos e cinco músicas inéditas. Tudo isso embalado por uma roupagem que vai do disco-punk ao drum and bass, do blues ao garage.

“Nós acabamos de completar 10 anos de estrada e as 10 músicas desse álbum são o retrato dessa trajetória, que é fazer rock com tesão, se divertir e expor nossas verdades através do nosso trabalho artístico”, conta o guitarrista e vocalista Will.

Ao lado de outras bandas de Guarulhos, o Carbônica fundou o Projeto CLAM, que agora atua também como produtora e selo musical. A partir de 2009, passaram a realizar intervenções culturais em espaços urbanos, conhecidas como CLAMdestino. A apropriação artística e coletiva já passou por vários locais de São Paulo, sempre levando música, fomentando e difundindo com atitude a cultura rock.

Essas apresentações foram o combustível para o primeiro EP da banda, “Rock Puro e Sem Gelo” (2012). O trabalho trazia no título a filosofia do Carbônica e, na produção, a assinatura do californiano Brendan Duffey. Dois anos depois, o trio tinha conquistado uma base de fãs e experiência suficiente para garantir a produção de seu segundo EP, “Inflamável”. Após uma bem sucedida campanha de financiamento coletivo, foram arrecadados 114% da verba necessária. O compacto conta com quatro músicas gravadas e mixadas pelo próprio baterista da banda no Estúdio Casa CLAM e masterizadas por Brendan Duffey.

“Tivemos experiências bem bacanas nesse processo de gravações em vários estúdios e com vários artistas. No Norcal Studios tivemos a oportunidade de gravar com um californiano que já trabalhou com gente de peso da gringa e com quem aprendemos muito. E na Casa CLAM foi a hora de colocar na prática as coisas que acreditamos. Por lá, montamos um estúdio e criamos nosso selo CLAM Discos, onde também começamos a produzir e lançar outros artistas”, conta Will.

O segundo EP abriu as portas uma turnê pelo nordeste em 2015. Na passagem por Natal (RN), o som do Carbônica chamou atenção de Anderson Foca, fundador do renomado Festival DoSol e músico das bandas Camarones Orquestra Guitarrística, Orquestra Greiosa e Fetuttines, que convidou o trio a gravar o sucessor de “Inflamável” no estúdio DoSol com Yves Fernandes, que também é baterista da Camarones. “TR3S” foi lançado pelo selo DoSol e já demonstrava a evolução sonora da banda.

Assista ao clipe “Inflamável” em 360º: https://youtu.be/fTilYYZI6Dw

Mantendo seu ativismo cultural, o Carbônica criou em 2016 a festa Noites Inflamáveis, em que convidava artistas de todo o país a dividirem o palco. Além de colocar Guarulhos cada vez mais no circuito de grandes shows, o evento ajudou a estreitar os laços entre bandas e público.

Assista ao clipe “Até no Caos”: https://youtu.be/Tw1QUF3fUFA

Em uma década de história, já são mais de 300 apresentações pelo Brasil, sendo a atração principal ou dividindo o palco com artistas como Molho Negro, Gabriel Thomaz Trio, Camarones Orquestra Guitarrística, Nevilton e Ego Kill Talent. Carbônica vem se apresentando, sempre de forma envolvente, pelo circuito da Grande São Paulo e em outras cidades do país, com passagens por Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Paraíba e Minas Gerais.

Agora, o grupo celebra a sua já rica trajetória sem deixar de olhar para o futuro. “Carbônica” é um retrato das mudanças e traumas vividos no Brasil nos últimos 10 anos, com letras que parecem proféticas e funcionam como alertas para o futuro. O álbum está disponível em todas as plataformas de música digital.

Ouça “Carbônica”: http://smarturl.it/CarbonicaAlbum

Ficha Técnica:

Produção Executiva: Carbônica

Arte de capa por Will Carbônica

“Inflamável”, “Sangue”, “Lama”, “Loucura” e “Quem Nunca” gravados no Estúdio Pedra que canta (Itanhaém, SP – 2018)

Will: guitarra e vocal

Vini: baixo, voz e sampler

Alex: bateria

Gravado, mixado e masterizado por Leandro Sousa

Produzido por Carbônica e Leandro Sousa

“Augusta” gravada no Estúdio DoSol (Natal, RN – 2015)

Will: guitarra e vocal

Vini: baixo, voz e sampler

Leandro Sousa: bateria

Anderson Foca: backing vocal

Gravado, mixado e masterizado por Yves Fernandes

Produzido por Carbônica e Anderson Foca

“Agora Eu te Bebo”, “Até no Caos” e “Você quer pecar” gravados na Casa Clam (Guarulhos, SP – 2014)

Will: guitarra e vocal

Vini: baixo, voz e sampler

Dime: bateria e voz

Gravação e mixagem: Leandro Sousa na Casa Clam

Masterização: Brendan Duffey no Norcal Studios

“Se A Cidade Parar” gravada no Norcal Studios (São Paulo, SP – 2012)

Will: guitarra e vocal

Vini: baixo, voz e sampler

Leandro Sousa: bateria

Gravação, mixagem e masterização: Brendan Duffey e Adriano Adaga

Pré-produção: Edson Guedes, Leandro Sousa e Carbônica

Faixa-a-faixa, por Vini:

Inflamável

Faixa que conta com BPM extremamente pulsante, com uma mensagem direta gritando que tudo deve ser feito de forma intensa, sem medo das consequências: “Inflamável, prefiro pegar fogo!”

Se a cidade parar

Misturando rock com drums and bass, a faixa apresenta o habitat metropolitano do Carbônica, com uma letra que é quase um conto. Nele, o protagonista pode ser qualquer um de nós que enfrenta os grandes problemas da cidade: “E não estranhe se a cidade parar”. Inspirada em história real, e trata de assunto muitas vezes tabu.

Sangue

Disco-punk com um solo em 8 bits, “Sangue” aborda corações duros e frustrados em um presente que enfim começa a discutir sobre igualdade de gêneros: “O meu sangue é tão vermelho, tão vermelho, quanto o seu!”

Agora Eu Te Bebo

Rock pulsante que mistura bebidas, corações enfurecidas e doses de ironia: “Como num rock puro e sem gelo, a noite inteira!”

Augusta

Post-garage lançada em 2015 pelo selo Do Sol, questiona se a famosa Rua Augusta, repleta de bares, boemia e música, continua a mesma. Com riffs e delay, a mensagem é que a rua perde seu brilho para a especulação imobiliária: “Augusta, você era só festa, mas agora só apartamento!”. Augusta também pode ser uma pessoa, não? Fica a provocação.

Você quer pecar

Um blues que vira um post-punk, esta faixa dançante discute o motivo das pessoas insistirem em se enganar: “Confesse, você quer pecar”

Lama

A faixa é praticamente em cima de um simples beat, pois aqui o foco total é a indignação em relação à eterna política de promessas não cumpridas, onde quem continua pagando pelas consequências somos todos nós: “Trabalha, sempre é longe pra caralho/E o metrô que nunca chega/Caiu no conto do vigário/Que ouviu na eleição”. Inspirada pelo crime em Mariana, que agora voltou acontecer. Qual será o próximo?

Loucura

Bateria bem marcada com baixo pulsante, esta faixa se inconforma com a loucura de hoje, onde pessoas só reclamam em casa e não fazem absolutamente nada: “Isto é Loucura!”

Quem Nunca

Esta faixa flerta com o pós-punk anos 80, abordando os limites invisíveis que a vida na cidade impõe: “Quem nunca viveu uma mentira?”

Até no Caos

Nossa faixa disco-punk, esta música mistura vários samples de recortes da cidade, vem com a mensagem que não importa quanto a vida é difícil, ela deve ser aproveitada ao máximo: “Até no caos, viver vai ser foda!”

Siga Carbônica:

instagram.com/carbonicarock

https://spoti.fi/2EUBJ73

youtube.com/carbonicarock

www.carbonica.com.br

Carbônica lança clipe em 360º para nova música, “Inflamável”

A banda paulista Carbônica se prepara para lançar o primeiro disco cheio da carreira, após três EPs e 10 anos de trajetória. Esse ciclo se inicia com o clipe para a música inédita “Inflamável”, que estará no novo trabalho. O vídeo foi gravado em 360º em plena Avenida Paulista, durante uma apresentação da banda.

Assista a “Inflamável”: https://youtu.be/fTilYYZI6Dw

Presença marcante no cenário musical de SP, a Carbônica se inspirou para escrever “Inflamável” durante uma mini turnê pelo Rio de Janeiro. O objetivo foi criar uma canção que representasse a intensidade do som do trio formado em Guarulhos por Will (guitarra e voz), Vini(baixo, voz e sampler) e Alex (bateria).

A banda apresenta rock sem frescura desde 2007, expressando o que todos têm vontade de gritar, em canções ambientadas no caos de cada dia, entre a poluição, trânsito, sirenes e a multidão. Suas composições misturam elementos da grande metrópole com o rock.

Nada mais justo que o clipe de “Inflamável” fosse feito no habitat natural da banda. Eles se apresentam em espaços públicos desde 2009, com uma intervenção urbana chamada CLAMdestino – um verdadeiro clã de artistas, produtores e selos independentes.

“Cada show na rua é uma experiência diferente. Quando pensamos em um clipe sobre ‘Inflamável’, que é uma música que fala muito sobre nós, pensamos que seria interessante mostrar como é a sensação que vivemos na rua, como são inflamáveis esses shows”, explica Will.

A partir daí, a banda uniu a proposta do clipe na rua com o convite que recebeu do JameStúdio, para a gravação de uma session em 360º. A Carbônica ainda somou forças com a diretora Isabelle Andrade (também responsável pelo clipe mais recente, “Até No Caos”) e com a produção da Revista Café Urbano. Tudo isso para transportar quem assiste para a apresentação da banda por meio da realidade virtual.

Assista “Até no Caos”: https://youtu.be/Tw1QUF3fUFA

A Carbônica inicia uma nova fase com “Inflamável”. O próximo disco será o sucessor dos EPs “Rock Puro e Sem Gelo” (2012), “Inflamável” (2014) e “TR3S” (2015). Uma série de shows comemorativos no segundo semestre vai completar esse ano festivo, que ainda promete muito.

Assista a “Inflamável”: https://youtu.be/fTilYYZI6Dw

Acompanhe Carbônica:

instagram.com/carbonicarock

https://spoti.fi/2EUBJ73

youtube.com/carbonicarock

www.carbonica.com.br

Carbônica lança clipe “Até no Caos”

Com 10 anos de trajetória no cenário paulista, a Carbônica prepara o lançamento do primeiro disco da carreira, divulgando o vídeo para a canção “Até no Caos”. O clipe, dirigido por Isabelle Andrade, fala sobre a persistência de quem não desiste dos sonhos, mesmo com contratempos e desafios.

Assista “Até no Caos”: https://youtu.be/Tw1QUF3fUFA

Ouça “Até no Caos”: http://bit.ly/AteNoCaosSpotify

É de uma oficina mecânica de Guarulhos que a Carbônica solta o rock n’ roll potente em “Até no Caos”. O vídeo dá o tom da canção, que mostra a crônica diária de quem faz uma vida ser maravilhosa até em meio ao caos. O clipe marca a nova fase da carreira dos rapazes, que em breve lançam o primeiro disco cheio, sucessor dos EPs “Rock Puro e Sem Gelo” (2012), “Inflamável” (2014) e “TR3S” (2015).

“Até no Caos” começa com o barulho típico da manhã, ao som de pássaros. Logo, o riff sujo da guitarra vai ao encontro das batidas contínuas da bateria e à voz rouca e grave de Will Carbônica. A oficina retratada nas cenas é o desenho da banda: o rock puro, desenfreado e de garagem – é onde os ruídos, o caos, as risadas e vozes se misturam.

Carbônica é um power trio formado em Guarulhos por Will (guitarra e voz), Vini (baixo, voz e sampler) e Alex (bateria). A banda apresenta rock sem frescura desde 2007, expressando o que todos tem vontade de gritar, em canções ambientadas no caos de cada dia, entre a poluição, trânsito, sirenes e a multidão. Suas composições misturam elementos da grande metrópole com o rock.

Assista “Até no Caos”: https://youtu.be/Tw1QUF3fUFA

Ouça “Até no Caos”:

 

Spotify: http://bit.ly/AteNoCaosSpotify

Deezer: http://bit.ly/AteNoCaosDeezer

Google Play: http://bit.ly/AteNoCaosGPlay

Apple Music: http://bit.ly/AteNoCaosApple

 

Ficha Técnica:

 

Direção:  Isabelle Andrade

Roteiro: Will Carbônica

Fotografia: Isabelle Andrade

Captação/ filmagem: Caike Scheffer

Iluminação: Samuel Cruz, Matheus Müller

Produção: Will Carbônica | Projeto CLAM

Edição, Arte e Som: Will Carbônica

Making-off: Victor Cali, Cláudio Jr.

Figurino: Bianca Gomes

Música: Até no caos | Carbônica

Locação: Deco Rock Bar

Objetos de cena: Cibele Gomes

Assistência Geral: Dandara Faria

 

Apoio: Peixe Barrigudo, Café Urbano, Projeto CLAM

Participação especial: Ramona Paçoca

Vocal e guitarra : Will Carbônica

Baixo: Vini Carbônica

Bateria: Alex Carbônica