Tag Archives

Posts with Mantre tag.
Mantre explora a sensualidade em novo clipe “Ápice do Prazer”

Ego e desejo guiam o novo clipe da banda Mantre, “Ápice do Prazer”. O trio entrega mais uma interpretação visual de seu disco “Introspecto”, lançado em 2016, após o bem-recebido vídeo de “Sem Razão”. Aqui, a narrativa se desenrola em sintonia com a letra, que versa sobre a efemeridade das relações afetivas e propõe o questionamento de seu significado ao evocar memórias e experiências de quem assiste.

Confira o clipe “Ápice do Prazer”: https://youtu.be/fIp4mZYGfUg

O vídeo dirigido por Lucas Vieira acompanha a atriz Isa Perucho pelo quarto. Entre texturas, camadas e transparências, a performance revela a vulnerabilidade e entrega do prazer. Por outro lado, a banda surge em cenas preto e branco, mostrando a integração perfeita do conjunto de guitarra, baixo e bateria que guia a sonoridade pulsante da Mantre.

Influenciados pelo rock alternativo dos anos 90 e início dos anos 2000, Diego Trindade (voz e baixo), Nonato Matos (bateria) e Lucas Black (guitarra) passeiam pela psicodelia e ostentam grooves da música moderna com riffs melódicos. Todo esse caldeirão ganhou vida no álbum “Introspecto”, e é a força da canções que guia cada clipe. Para este novo vídeo, “Ápice do Prazer” foi escolhida por possuir uma temática leve e interpessoal, formando um contraponto com o anterior “Sem Razão” e mostrando uma nova face da Mantre.

Assista a “Sem Razão”: https://youtu.be/MSOFhdGDZ0Y

“A ideia para o roteiro surgiu a partir de um estudo sobre a música. Acredito ter escutado mais de 100 vezes, o baterista Nonato Matos auxiliou bastante na interpretação da letra para que chegássemos ao ponto da mensagem que gostaríamos de passar. Apesar de trabalharmos em cima de uma música longa, há harmonia entre as imagens da banda e as cenas que contam a história. Muito se foi conversado sobre como apresentaríamos esta personagem, de que forma visual poderíamos ilustrar o que se era cantado”, revela o diretor Lucas Vieira.

O vídeo se soma à trajetória da Mantre, que iniciou a carreira em 2014 e, dois anos depois, lançou seu disco de estreia. O grupo já dividiu palco com bandas como Scalene, Versalle, Canto dos Malditos na Terra do Nunca, além dos conterrâneos da The Baggios.

A ficha técnica do clipe conta com roteiro e direção de Lucas Vieira; direção de fotografia, edição e color grading de Ramon Vieira; produção de Lucas Vieira e Nonato Matos; e Nathan de Sousa como assistente de direção. A realização é da Cachalote Filmes.

Confira o clipe “Ápice do Prazer”: https://youtu.be/fIp4mZYGfUg

Ficha técnica:

Roteiro: Lucas Vieira

Direção: Lucas Vieira

Direção de Fotografia: Ramon Vieira

Realização: Cachalote Filmes

Produção: Lucas Vieira e Nonato Matos

Edição e Color Grading: Ramon Vieira

Assistente de Direção: Nathan de Sousa

Elenco: Banda e Isa Perucho

Mantre – Ápice do Prazer

(Diego Trindade/Lucas Black/Nonato Matos)

Como no último segundo

Que agora é passado

Vejo as fotos na minha mente

Nostalgia do meu pecado

O voltar e seu eterno clichê

O inconsequente errado

Entrei em greve de você

Mas recebi o seu recado

Que é do mal

Aonde você quer me levar?

Aonde você vai me levar?

Só espero que seja ao ápice do prazer

Pra dentro de você

A tudo esquecer

E cair na realidade apenas no ponto final

Se é que há final ou apenas um intervalo para sair do normal

Mantre lança clipe gravado em Sergipe e Buenos Aires

Sergipe e Buenos Aires estão mais próximas do que nunca no clipe de “Sem Razão”, da Mantre. Com cenas gravadas nos dois lugares e clima cinematográfico, o vídeo conta com um ciclo de autoflagelo mental, em que o personagem principal fica preso em uma sequência de fatos ligados a um acidente. Com roteiro e direção de Jesus Alves, as imagens são metáforas da ideia de culpa levantada na letra da canção, que faz parte do disco “Introspecto” (2016), e já se encontra disponível nas principais plataformas de streaming.

Assista “Sem Razão”: https://youtu.be/MSOFhdGDZ0Y

A Mantre é formada por Nonato Matos (bateria), Diego Trindade (voz/baixo) e Lucas Black (guitarra), e foi durante uma festa de fim de ano que a ideia para o clipe surgiu. Nesta comemoração eles reencontraram com o cineasta Jesus Alves, que estuda em Buenos Aires e incentivou o grupo a tornar a vontade de gravar um clipe em algo real.

“Há um bom tempo a banda já vinha sentindo a necessidade de transcender o que estava sendo gravado no álbum ‘Introspecto’, era um desejo de criar algo que resumisse a essência da música, e que contemplasse a atmosfera do nosso projeto. O que parecia um devaneio, depois de alguns meses se tornou um pré-roteiro que mexeu com todos. O estranhamento foi ganhando vida e só aumentava a sensação de estar próximo de concretizar algo que desejávamos muito”, conta Nonato.

A história do clipe tem início em um bosque nos arredores da capital argentina, com algumas cenas feitas na Praia de Jatobá e Parque Eólico, ambos na Barra dos Coqueiros no Sergipe. “Durante nosso brainstorm tivemos a ideia de um ciclo em que o personagem está preso a um lapso temporal caçando a si mesmo. Essa foi a forma de metaforizar a culpa que sofremos sobre nossos próprios atos. No caso, o ato do personagem ter matado sua família em um acidente”, revela Nonato.

A Mantre é um power trio criado em 2014, que lançou seu disco de estreia “Introspecto” em 2016. O grupo já dividiu palco com bandas como Scalene, Versalle, Canto dos Malditos na Terra do Nunca, além dos conterrâneos da The Baggios. A banda reúne em sua sonoridade acordes psicodélicos do classic rock, e os grooves da música moderna, em uma mistura incandescente de sublimes melodias.

A ficha técnica do clipe conta com Jesus Alves (roteiro, direção, montagem e correção de cor), Florencia Castro (produção), Nicolas Schneider (direção de fotografia e correção de cor), Federico Nístico (assistente de câmera) e Gabriela Leston (fotografia). Os atores foram Fernando Pardo e Florencia Castro.

Assista “Sem Razão”: https://youtu.be/MSOFhdGDZ0Y