Tag Archives

Posts with oeste tag.
Sarah Abdala explora o íntimo no clipe para “Pulsa”

As imagens pouco revelam, mas mostram traços dos rostos das pessoas, vistos tão de perto como se fossem se fundir. No novo clipe, para a faixa “Pulsa”, a goiana radicada no Rio Sarah Abdala propõe uma viagem ao íntimo. Essa busca faz parte da proposta estética do álbum “Oeste”, de 2017.

Assista “Pulsa”: https://youtu.be/el-wziyB-pM

O disco se relaciona fortemente com o conceito de lugar e origens, e cada uma dessas canções se torna universal. Sarah usa esse álbum como uma visão própria de suas raízes no Centro-Oeste e da América Latina. O trabalho funcionou como uma ruptura da estética próxima ao indie do primeiro disco (“Futuro Imaginário”, de 2014).

“Com Pulsa, queria contar a história de um encontro, de um encantamento entre dois personagens e suas visões, sentimentos e sensações sobre esse momento. Eu sinto que quando acontece esse encontro, essas personagens se desligam fisicamente do mundo e começam a existir a partir daquilo que acontece entre eles”, conta Sarah.

A intensidade das músicas são conduzidas de modo minimalista pelos sintetizadores e pela guitarra, instrumentos que são a espinha dorsal de toda a sonoridade da faixa e do álbum. A atmosfera é intimista e climática, sem medo de explorar o silêncio e o ruído. Essa estética combina bastante com a proposta visual, onde a artista não quer estar em primeiro plano do vídeo ou se esconder atrás de uma pesada maquiagem.

Crédito: Tai Fonseca

“Queria fazer um clipe todo desfocado, granulado… Juntando essa ideia com o que eu sinto em relação à música; que essas pessoas, no momento desse encontro, estão tão envolvidas nisso, que elas não sabem mais o que é o quê, quem eles tão vendo, o que tá acontecendo ali… uma proximidade que gera uma fusão”, explica ela.

“Pulsa” foi produzido por Eduardo Manso e Sarah Abdala, com co-produção de Estevão Casé e Marcelo Callado. O disco “Oeste” está disponível em todas as plataformas de música digital.

Assista “Pulsa”: https://youtu.be/el-wziyB-pM

Ouça “Oeste”:

Spotify: http://bit.ly/SpotifyOESTE

Deezer: http://bit.ly/DeezerOESTE

YouTube: http://bit.ly/YoutubeOESTE

Apple Music: http://bit.ly/AppleOESTE

Cantora Sarah Abdala leva turnê de disco para o México

Ultrapassando barreiras de idioma e geográficas, a cantora Sarah Abdala leva a turnê do disco “Oeste” para o México em fevereiro. No dia 02 (sexta), ela se apresenta no Departamento Studio Bar, localizado na Cidade do México. Já no dia 08 de fevereiro, o evento é ao lado do projeto PHI, no Palindromo Cafe, em Guadalajara. Nos shows guiados por synths e guitarra, Sarah será acompanhada por Tai Fonseca no palco, apresentando canções do último trabalho e do disco de estreia, “Futuro Imaginário” (2014).

O álbum “Oeste” veio para sedimentar uma trajetória iniciada com “Futuro Imaginário”. A música de Sarah é calcada na MPB e rock alternativo, explorando arranjos bem elaborados para composições colecionadas ao longo dos anos. A crueza, a intensidade e a eletricidade das músicas do disco são conduzidas pelos sintetizadores e pela guitarra, instrumentos que são a espinha dorsal de toda a sonoridade do álbum. A atmosfera é intimista e climática, sem medo de explorar o silêncio e o ruído.

Quem se apresenta junto de Sarah, em Guadalajara, é PHI, projeto solo do mexicano Luis Villalobos, que encanta o público com os sons obscuros de sua guitarra acústica. Com influências musicais que vão desde Swans a Nick Cave, ele está prestes a lançar o seu disco de estreia e traz no set canções inéditas que estarão presentes no trabalho.

Com uma forte relação com a América Latina, Sarah Abdala se apresentou em 2007 no país, quando morava por lá, no início de sua carreira. Com a sua primeira banda, iOye! (2008-2011), ela tocou na Argentina, no festival Kizombeat. “Tenho muitas referências e ligação com o país. Posso dizer que escuto mais música produzida no México do que no Brasil, nesse momento. E ‘Oeste’ saiu muito dessa ligação que eu tenho com a música latino americana, principalmente mexicana”, declara Sarah.

Na expectativa de ser mais um tijolo na ponte entre as culturas brasileira e mexicana, a cantora espera ajudar a quebrar o preconceito em relação à produção artística latino americana. “A maioria dos brasileiros tem uma certa resistência em se identificar como latino americanos. Quando morei por lá, conhecia bandas de toda a América Latina vendo programas de música na TV por assinatura. Eles sabiam os principais nomes da música brasileira, e por aqui não se vê o mesmo. Se você quer saber sobre uma banda da Argentina, que está aqui do lado, você tem que buscar, não vai passar na TV”, relata Sarah.

“Oeste” é um lançamento do selo Rock It!, comandado por Dado Villa-Lobos (Legião Urbana). A produção é da própria Sarah Abdala ao lado de Eduardo Manso (Ava Rocha). Confira abaixo as datas da turnê, que poderão contar com datas adicionais em breve.

 

Serviço

Data: 02/02/2018 (sexta)

Local: Departamento Studio Bar

Endereço: Álvaro Obregón, nº 154  – Col. Roma Norte – Cidade do México/MX

 

Data: 08/02/2018 (quinta-feira)

Local: Palindromo Cafe

Endereço: Calle Juan Ruiz de Alarcón, nº233 – Lafayette – Guadalajara/MX

 

Ouça “Oeste”:

Spotify: http://bit.ly/SpotifyOESTE

Deezer: http://bit.ly/DeezerOESTE

YouTube: http://bit.ly/YoutubeOESTE

Apple Music: http://bit.ly/AppleOESTE

 

Conheça Sarah Abdala:

http://www.sarahabdala.com/

https://www.facebook.com/sarahabdala/

https://www.youtube.com/user/sarahabdala

Movimentos da maré inspiram novo clipe de Sarah Abdala

Só se perde quem está a procura de um lugar e é a busca por um porto seguro a inspiração da canção “Cavalgada”, de Sarah Abdala, que acaba de ganhar um clipe. O primeiro single do novo álbum “Oeste” traz os principais elementos que regem o novo rumo do trabalho da cantora: a utilização do sintetizador e a simplificação dos arranjos. O disco lançado pelo selo Rock It!, comandado por Dado Villa-Lobos (Legião Urbana), traz a produção da própria Sarah Abdala ao lado de Eduardo Manso (Ava Rocha).

A música é embebida em uma mensagem forte, de pertencimento e de jornada. Muito mais do que chegar a algum lugar, também é importante considerar quais foram os caminhos que o levaram até lá. Tal como a maré que não segue nenhuma lei – a não ser a da natureza -, também deve ser o indivíduo em busca de seu lugar.

“É uma música que representa bem o disco. A mensagem desse clipe é de alguém que está em uma jornada, chegando em um lugar desconhecido. Essa jornada pode ser notada como geográfica ou psicológica”, define Sarah Abdala.

Gravado com bonitas imagens subaquáticas em um mar ora pacífico, ora inquieto, o vídeo foi dirigido pela artista e conta com fotografia de Guga Millet. A busca mostrada na faixa e no vídeo funciona como uma metáfora para a própria jornada de Sarah. O trajeto que a trouxe até aqui foi iniciado com o disco “Futuro Imaginário”, de 2014. A estreia trouxe arranjos elaborados que formavam uma sonoridade com traços da MPB e do rock alternativo. O trabalho rendeu uma turnê nacional e uma base firme para a criação de “Oeste”, que traz uma compositora amadurecida e à vontade para explorar sensações, sentimentos e ousar como letrista e instrumentista. A ambientação sonora é de intimidade, explorando os sons, as pausas e os ruídos.

Enquanto “Futuro Imaginário” trazia a leveza do ponto de partida, “Oeste” traz a densidade de quem aprendeu novas lições. O minimalismo dos título acompanha o disco até a masterização final, como se exibisse com orgulho as feridas acumuladas com o tempo. “Oeste” é pertencimento, lugar e origem, com letras que se tornam universais.

Assista “Cavalgada”: