Tag Archives

Posts with Sinewave tag.
Dramón une melancolia e esperança no clipe “Gestos”

Dramón, projeto do músico e designer Renan Vasconcelos, buscou em Búzios, no Rio de Janeiro, um refúgio das ansiedades de uma metrópole. O fruto dessa busca interna foi o EP “Ansiedade Morte”, que foi lançado pelo selo Sinewave, e que ganha uma reprodução visual no clipe “Gestos”.

Veja “Gestos”: https://youtu.be/LC12nZeBU7E

Ouça “Ansiedade Morte”: http://bit.ly/AnsiedadeMorteEP

Conhecido por seu trabalho com a banda Avec Silenzi, com quem já lançou 5 álbuns, Renan Vasconcelos traz na base da sua criação uma música experimental, climática e ruidosa inspirado pelo ambient e eletrônica. No Dramón, Renan pode explorar a totalidade do projeto artístico, desde sua execução musical, até o trabalho visual. No EP de estreia, ele assina as guitarras, drum machines e synths e conta com a participação de Marcelo Malni (Zander), que assume os baixos.

Dramón (Crédito: Leonardo Miranda)

Reunindo as faixas “Gestos Que Matam” e “Gestos Que Salvam”, o clipe apresenta as contradições entre calmaria e tranquilidade presentes no som do artista com imagens de Búzios, Los Angeles e São Paulo para retratar sensações de melancolia, saudade, esperança, vibração e realismo.

“Esse é o quadro que pintei de algumas paisagens caiçaras. Me afoguei nessa faixa. Acho que foi a que mais demandou tempo para ficar pronta. Inicialmente eram duas coisas diferentes, com processos diferentes. Mas se completaram no final”, explica Dramón. “Ela reflete bem a calmaria, e a introspecção que eu busco em meu trabalho.”

Natural da região serrana do Rio, Renan passou pela inquietude carioca antes de se refugiar entre algumas das praias mais bonitas do estado. No EP, essas diferentes vivências se encontram.

“Búzios foi um lugar extremamente acolhedor nesses 6 anos e meio que vivi lá. Cumpriu muito bem seu papel de refúgio. Encontrei um pouco de paz para pôr ordem na cabeça, e consegui deixar para trás determinadas angústias que sentia no Rio. O nome do primeiro EP é ‘Ansiedade Morte’, uma referência à lembrança do porque fui parar lá em Búzios”, reflete Renan,

Atualmente vivendo em São Paulo, o artista buscou no vídeo reforçar o trabalho visual do projeto, que tem como uma de suas pretensões funcionar além da música. O vídeo foi feito pelo próprio Renan, com imagens captadas durante férias e o processo de mudança de cidade.

“Assim como na música eu me guio apenas pela estética do próprio som, no vídeo foi a mesma coisa. Embora eu tenha uma ideia inicial, o caminho percorrido no processo acaba virando o produto final. Enquanto em Búzios eu ia caminhar no mangue e passar uma tarde agradável captando as imagens, aqui em São Paulo foi cansativo – embora prazeroso também. Esses momentos ajudam na percepção das mudanças”, confessa.

“Ansiedade Morte” já está disponível nas plataformas de música digital e para download no Bandcamp via Sinewave

Veja “Gestos”: https://youtu.be/LC12nZeBU7E

Ouça “Ansiedade Morte”: http://bit.ly/AnsiedadeMorteEP

Aflições e anseios modernos marcam EP de estreia do projeto Dramón

Estafado com o Rio de Janeiro, o músico e designer Renan Vasconcelos se refugiou no oásis praieiro de Búzios para enfrentar as ansiedades que a vida em uma metrópole trazia. O fruto dessa busca por paz foram dois EPs, que serão lançados pelo selo Sinewave. Assinando como Dramón, Renan lança o primeiro deles, “Ansiedade Morte”, exatamente no momento em que se despede da Região dos Lagos.

Ouça “Ansiedade Morte”: http://bit.ly/AnsiedadeMorteEP

Conhecido por seu trabalho com a banda Avec Silenzi, com quem já lançou 5 álbuns, Renan Vasconcelos traz na base da sua criação uma música experimental, climática e ruidosa inspirado pelo ambient e eletrônica. No Dramón, Renan pode explorar a totalidade do projeto artístico, desde sua execução musical, até o trabalho visual. Neste EP de estreia, ele assina as guitarras, drum machines e synths e conta com a participação de Marcelo Malni (Zander), que assume os baixos.

Com um pé no familiar post-rock, que guia o trabalho do Avec Silenzi – como acontece em “Pequenas mortes” – e outro na liberdade da experimentação – que resultou em faixas como “Caiçara” e “Meúna” – o EP caminha pela linha tênue entre a ansiedade fatal e o equilíbrio utópico. Ora preza pela calmaria – exemplo das igualmente duais “Gestos Que Matam” e “Gestos Que Salvam” -, ora pelo ruído intenso. Dramón é produto dessas contradições.

Natural da região serrana do Rio, Renan passou pela inquietude carioca antes de se refugiar entre algumas das praias mais bonitas do estado. No EP, essas diferentes vivências se encontram.

“Búzios foi um lugar extremamente acolhedor nesses 6 anos e meio que vivi lá. Cumpriu muito bem seu papel de refúgio. Encontrei um pouco de paz para pôr ordem na cabeça, e consegui deixar para trás determinadas angústias que sentia no Rio. O nome do primeiro EP é ‘Ansiedade Morte’, uma referência à lembrança do porque fui parar lá em Búzios”, reflete Renan.

Atualmente morando em São Paulo e de volta a uma rotina agitada, Vasconcelos pensou esse primeiro ciclo do projeto como uma homenagem e uma despedida melancólica para a cidade fluminense.

“A gestação desse primeiro EP e parte do segundo foi misturada com meus últimos passeios e relações com a cidade. E eu queria fechar esse primeiro ciclo de trabalho lá, para me despedir em paz e agradecer por tudo que vivi”, conta ele.

“Ansiedade Morte” já está disponível nas plataformas de música digital e para download no Bandcamp.

Ouça “Ansiedade Morte”: http://bit.ly/AnsiedadeMorteEP

Dramón (Crédito: Leonardo Miranda)

Faixa-a-faixa, por Renan Vasconcelos

  1. Caiçara

Essa nasceu de um exercício que estava fazendo. Ela não era uma música inicialmente, só uma base longa para eu testar outras coisas. Mas a densidade ficou interessante e achei que seria legal abrir o EP com ela.

2 e 3. Gestos que Matam/Salvam

Essa aqui é o quadro que pintei de algumas paisagens caiçaras. Me afoguei nessa faixa. Acho que foi a que mais demandou tempo para ficar pronta. Inicialmente eram duas coisas diferentes, com processos diferentes. Mas se completaram no final.

  1. (h).arp

Essa foi a primeira música que “achei” quando comecei a me aventurar neste projeto. Eu ainda não tinha muita clareza de que músicas eu produziria, e essa, que nasceu de forma despretensiosa, acabou dando o tom do que viria a seguir. E acho também que ela é o meio termo entre todas deste EP.

  1. Meúna

Outra música que começou sem pé nem cabeça. Gravei uma porrada de guitarras, e hoje nem sei mais como tocá-la! Essa nasceu de uma drum machine. Acabou ficando bastante ruidosa e barulhenta. Faz o contraponto às outras faixas mais lentas.

  1. Pequenas Mortes

Essa é o pé do EP no post-rock, estilo mais contemplado no meu trabalho anterior com o Avec. Bem melancólica! Não sei se saem mais músicas como essa no futuro. Veremos.

Ficha técnica:

Composto, gravado, editado e mixado por Renan Vasconcelos em Búzios/RJ, entre janeiro e março de 2018.

Baixo: Marcelo Malni

Selo: Sinewave

Siga Dramón:

https://www.facebook.com/dddramonnn/
https://www.instagram.com/dramon__/
Dramón surge com single “(h).arp”, refletindo ansiedades e aflições

Estafado com o Rio de Janeiro, o músico e designer Renan Vasconcelos se refugiou no oásis praieiro de Búzios para enfrentar as ansiedades que a vida em uma metrópole trazia. O fruto dessa busca por paz foram dois EPs, que serão lançados pelo selo Sinewave. Assinando como Dramón, Renan lança o single “(h).arp”, que estará no primeiro EP “Ansiedade Morte”, e funciona como uma despedida da Região dos Lagos.

Ouça  “(h).arp”: http://bit.ly/dramonharp

Conhecido por seu trabalho com a banda Avec Silenzi, com quem já lançou 5 álbuns, Renan Vasconcelos traz na base da sua criação uma música experimental, climática e ruidosa inspirado pelo ambient e eletrônica. No Dramón, Renan pode explorar a totalidade do projeto artístico desde sua execução musical até o trabalho visual. Neste EP de estreia, ele assina as guitarras, drum machines e synths e conta com a participação de Marcelo Malni (Zander, Malni), que assume os baixos.

Natural da região serrana do Rio, Renan passou pela inquietude carioca antes de se refugiar entre algumas das praias mais bonitas do estado. No EP, essas diferentes vivências se encontram.

“Búzios foi um lugar extremamente acolhedor nesses 6 anos e meio que vivi lá. Cumpriu muito bem seu papel de refúgio. Encontrei um pouco de paz para pôr ordem na cabeça, e consegui deixar para trás determinadas angústias que sentia no Rio”, reflete Renan, que nomeou o EP em torno da opressão que a ansiedade causava e como essa sensação se desfez.

Atualmente morando em São Paulo e de volta a uma rotina agitada, Vasconcelos pensou esse primeiro ciclo do projeto como uma homenagem e uma despedida melancólica para a cidade fluminense. O primeiro single a ser conhecido de Dramón antecipa um pouco da sonoridade do projeto.

Dramón (Crédito: Leonardo Miranda)

“Essa foi a primeira música que ‘achei’ quando comecei a me aventurar neste projeto. Eu ainda não tinha muita clareza de que músicas eu produziria, e essa, que nasceu de forma despretensiosa, acabou dando o tom do que viria a seguir. E acho também que ela é o meio termo entre todas deste EP”, explica Renan Vasconcelos.

“Ansiedade Morte” será lançado no dia 10/08 pelo selo Sinewave.

Ouça  “(h).arp”: http://bit.ly/dramonharp

Siga Dramón:

https://www.facebook.com/dddramonnn/

https://www.instagram.com/dramon__/